Quais são os estilos de negociadores? Já ouviu falar nisso?

COMPARTILHE

Estilos de Negociadores e Negociação

A ideia dos estilos de negociação foi criada em 1974, a partir de um instrumento desenvolvido por Kenneth Thomas e Ralph Kilmann, denominado “Thomas-Kilmann Conflict Mode Instrument”.

Conforme essa proposta, haveria cinco estilos de negociadores ou de posturas em negociações, que seriam as seguintes:

1- competitivo ou competição;

2- evitador e evitação;

3- acomodado e acomodação;

4- comprometido e comprometimento;

5- colaborador e colaboração.

Vamos a cada uma dessas posturas, quanto as quais as nomenclaturas são bem intuitivas:

1- competição: busca otimizar sua satisfação e não se preocupa com o outro lado. Pode envolver agressividade e tática de jogo pesado;

2- evitação: faz o que for possível para fugir da negociação. Considera um desconforto sentar para negociar. A estratégia aqui é de fugir e adiar;

3- acomodação: tende a fazer concessões com facilidade;

4- comprometimento: tenta buscar e contruir compromissos para ambos os lados. O seu objetivo é sempre buscar a média da diferença, ou seja, tentar um equilíbrio;

5- colaboração: busca soluções que façam com que todas saiam satisfeitos. É diferente da postura de comprometimento, porque aqui a ideia não é buscar soluções equilibradas e partindo o bolo ao meio. Ou seja, a ideia é otimizar a satisfação de ambos os lados. Ao inves de partir o bolo no meio, tenta-se descobrir o que cada um valoriza. E nisso pode perceber que uma parte valoriza a cobertura do bolo e a outra a parte de baixo, de modo que viabilizará uma solução em que uma parte ficará com toda cobertura e a outra com toda a parte de baixo.

Dito isso, cabem três ponderações relevantes.

A primeira é que esses estilos decorrem de uma série de fatores que formam a nossa personalidade, como educação, cultura e experiências vivenciadas ao longo da vida.

A segunda consideração é que não necessariamente temos um estilo único. Podemos ter um pouco de cada e isso mudar conforme a situação.

Por fim, a terceira consideração é termos isso como uma forma de avaliar o nosso perfil e o perfil de quem está do outro lado, para orientar a nossa postura.

Para saber mais sobre Negociação voltada à Solução de Conflitos Trabalhistas, tendo contato com conceitos e construções como técnicas de negociação e estratégias de negociação, avalie o Curso de Negociação Trabalhista para Advogados no link a seguir:

Bons acordos!

RELACIONADOS

técnica negociação policial bom policial ruim negociacao de conflitos negociação trabalhista curso de negociação para advogados
Técnicas de Negociação de Conflitos e Negociação Trabalhista

TÉCNICA DE NEGOCIAÇÃO DO POLICIAL BOM E RUIM

Como funciona a técnica de negociação de conflitos e negociação trabalhista do policial bom e ruim Você conhece e sabe como funciona a técnica de

diferença de mediação e conciliação negociacao de conflitos negociação trabalhista curso de negociação para advogados
Ética e Aspectos Jurídicos sobre Negociação de Conflitos e Negociação Trabalhista

DIFERENÇA ENTRE CONCILIAÇÃO E MEDIAÇÃO

A importância da distinção entre conciliação e mediação para a negociação de conflitos e negociação trabalhista Você sabe a diferença entre os conceitos de conciliação