DIFERENÇA ENTRE CONCILIAÇÃO E MEDIAÇÃO

diferença de mediação e conciliação negociacao de conflitos negociação trabalhista curso de negociação para advogados

COMPARTILHE

A importância da distinção entre conciliação e mediação para a negociação de conflitos e negociação trabalhista

Você sabe a diferença entre os conceitos de conciliação e mediação? Será que essa compreensão tem alguma utilidade?

Para além de preciosismos terminológicos, existe sim uma importância, sendo também útil, funcional e prática a compreensão da diferença entre esses conceitos.

A base dessas definições está no art. 165 do Código de Processo Civil e, no caso específico dos conflitos trabalhistas, também está no art. 1º da Resolução 174/2016 do Conselho Superior da Justiça do Trabalho.

Antes de pensar nos conceitos de mediação e conciliação é preciso considerar que os dois correspondem a processos voltados à busca de um acordo, no qual existe a participação de um terceiro neutro.  O conceito de negociação em sentido amplo, seja a negociação de conflitos em geral, seja a típica negociação trabalhista, isto é, a negociação voltada à solução de conflitos trabalhistas, corresponde a um processo de diálogo no qual duas pessoas ou mais em conflitos buscam o acordo.

Se não há a participação de um terceiro neutro e as partes travam um diálogo sem intermediação, temos uma negociação em sentido estrito (negociação de conflitos em geral ou negociação trabalhista). E se há a participação de um terceiro neutro, estamos diante de uma mediação ou conciliação.

Dito isso, qual a diferença entre conciliação e mediação?

O Código de Processo Civil, no art. 165, considera dois critérios, um funcional relacionado à atuação do terceiro neutro, e outro que leva em conta o vínculo entre as partes.

Conforme o critério funcional, que é o considerado na Resoluçao 174 do CSJT, se o terceiro neutro não faz proposta e adota uma postura que chamamos de facilitativa, estamos diante de uma mediação. Se o terceiro neutro faz proposta e adota uma postura avaliativa, estamos diante de uma conciliação.

Essa diferença entre postura avaliativa, que significa tecer considerações sobre o caso e apresentar proposta, e facilitativa, que se limita a facilitar o diálogo e não há a apresentação de propostas, foram apresentadas por uma das grandes referencias na área, que é o professor Leonard Risking.

Mas o CPC também adota outro critério complementar, no sentido de que quando havia relação anterior entre as partes caberia a mediação, e quando não havia relação, como por exemplo numa batida de transito, caberia a conciliação.  Isso porque se há relação anterior entre as partes em conflito, significa que o esforço do 3º neutro deve ser para reestabelecer a relação

O fato é que na prática, se vc está num CEJUSC e o servidor ou voluntário adota uma postura facilitativa e não faz proposta, estamos diante de uma mediação. Se essa mesma pessoa faz proposta e adota postura avaliativa estamos diante de uma conciliação.

Ainda na prática, isso também significa que estando diante do juiz, caso o magistrado, ao tentar o acordo, não faça proposta, ele atua como mediador. Se faz proposta ele atua como conciliador.

PS: para saber mais sobre Negociação voltada à Solução de Conflitos Trabalhistas, tendo contato com conceitos e construções como técnicas de negociação e estratégias de negociação, avalie o Curso de Negociação Trabalhista para Advogados no link a seguir:

Bons acordos!

RELACIONADOS

técnica negociação policial bom policial ruim negociacao de conflitos negociação trabalhista curso de negociação para advogados
Técnicas de Negociação de Conflitos e Negociação Trabalhista

TÉCNICA DE NEGOCIAÇÃO DO POLICIAL BOM E RUIM

Como funciona a técnica de negociação de conflitos e negociação trabalhista do policial bom e ruim Você conhece e sabe como funciona a técnica de

diferença de mediação e conciliação negociacao de conflitos negociação trabalhista curso de negociação para advogados
Ética e Aspectos Jurídicos sobre Negociação de Conflitos e Negociação Trabalhista

DIFERENÇA ENTRE CONCILIAÇÃO E MEDIAÇÃO

A importância da distinção entre conciliação e mediação para a negociação de conflitos e negociação trabalhista Você sabe a diferença entre os conceitos de conciliação